#update-nag, .update-nag { display: none !important; }
Home > Notícias > 20 de outubro: Dia Mundial de Combate à Osteoporose

20 de outubro: Dia Mundial de Combate à Osteoporose

osteoporoseDoença silenciosa não apresenta sintomas evidentes e acomete principalmente as mulheres

Em 20 de outubro comemora-se o Dia Mundial de Combate à Osteoporose – descalcificação progressiva dos ossos que os torna porosos e frágeis aumentando o risco de fraturas. A doença tende a aparecer a partir dos 50 anos e, geralmente, o paciente só descobre depois de uma fratura, pois a enfermidade é silenciosa e não apresenta sintomas evidentes.

Mais comum em mulheres, devido à menopausa, apresenta, entre as principais causas – fatores genéticos e histórico familiar, idade avançada, deficiência de cálcio no organismo, sedentarismo, doenças crônicas, repousos prolongados e imobilização, deficiência na produção de hormônios, consumo de álcool, tabagismo, diabetes e falta de exposição à luz do sol.

Por ser uma doença silenciosa, a densitometria óssea – exame indolor e rápido, permite o diagnóstico da osteoporose ao medir a densidade óssea. Além de medidas preventivas como a prática de atividade física e evitar o consumo de álcool, café e o tabagismo – durante o tratamento é necessário aumentar a ingestão de vitamina D e cálcio através de medicamentos e dieta balanceada.

A prevenção da osteoporose é muito importante desde a infância, afinal, a formação do esqueleto humano acontece até os 20 anos de idade. Durante a adolescência, três medidas são fundamentais: realizar exercício físico, tomar sol para a fixação da vitamina D no osso e ingerir alimentos ricos em cálcio, como leite, peixes e cereais. Os esportes mais recomendados para a produção de massa óssea são aqueles que causam tensão muscular, pois os músculos em movimento ajudam a fortalecer os ossos.