#update-nag, .update-nag { display: none !important; }
Home > Notícias > Dia Mundial da Esclerose Sistêmica

Dia Mundial da Esclerose Sistêmica

1

Esclerodermia é um mal raro que se caracteriza por desregulação do sistema autoimune, e acomete a pele e órgãos internos

Em 29 de junho comemora-se o Dia Mundial da Esclerose Sistêmica ou Esclerodermia, doença rara que se caracteriza por desregulação do sistema autoimune (o sistema de defesa do nosso organismo) por acometimento vascular e fibrose (excesso de produção de colágeno) na pele e órgãos internos.

A doença atinge principalmente as mulheres entre os 40 e 50 anos e uma de suas primeiras manifestações costuma ser a alteração da coloração das extremidades (principalmente as mãos) quando expostas ao frio, adquirindo uma coloração esbranquiçada, seguida por uma fase arroxeada (cianótica) e posteriormente avermelhada (fase de recuperação). A isso, damos o nome de fenômeno de Raynaud, que pode ser bastante grave, associado a dor e úlceras digitais (feridas nos dedos).

Devido ao envolvimento do tecido do pulmão, pacientes podem apresentar diferentes graus de dispneia (falta de ar), alterações da motilidade do esôfago – causando dificuldade na deglutição dos alimentos e sintomas de refluxo.

Portanto, a identificação inicial destes e outros sintomas são de grande importância para se estabelecer o diagnóstico precoce da doença, que uma vez identificada pelo especialista deve ser tratada.