#update-nag, .update-nag { display: none !important; }
Home > Notícias > Reumatologistas se reúnem em Maringá

Reumatologistas se reúnem em Maringá

Reumatologistas se reúnem em Maringá em encontro voltado à profissionais da saúde

A preocupação com a rápida evolução da medicina em termos mundiais e com a necessidade de informar corretamente a população, sobre uma das doenças mais comuns e pouco conhecidas da atualidade, motiva reumatologistas de todo o Paraná se reunirem em Maringá, no fim do mês.

O encontro, segundo explica o presidente da Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR), Marco Rocha Loures, é dirigido profissionais da saúde, entre médicos reumatologistas, clínicos, ortopedistas e residentes, além de estudantes de medicina.
“A SPR realiza dez reuniões anuais, entre fevereiro e novembro, sempre na última semana de cada mês, para discutir esta doença, avanços médicos importantes, novos medicamento etc, e é isso que estaremos fazendo, aqui em Maringá, nos próximos dias 28 e 29”, explicou Rocha Loures.

Os participantes do encontro, que acontecerá no Hotel Deville, terão palestras como a do médico Rodrigo Lupino Assad, que na abertura do encontro vai falar sobre as diferenças do tratamento com antiTNFs, em pacientes com artrite reumatóide. A anti-TNF é um bloqueador do fator de necrose tumoral, considerado um dos maiores avanços no tratamento das doenças reumatológicas, utilizado no Brasil há menos de uma década, e que ainda suscita discussões.

Serão ainda discutidos casos clínicos surgidos nas universidades estaduais de Maringá (UEM) e de Londrina (UEL) e a utilização de órteses (palestra do médico Marcos Renato de Assis), que são instrumentos que auxiliam os pacientes de reumatismo nos afazeres diários, como digitar, pegar escovas de dente, ferro de passar roupa, etc. Além de proporcionar um conforto, também é considerada uma moderna forma de tratamento, já que aumenta a mobilidade adequando os desvios e contraturas articulares.

O presidente da SPR informa que também serão discutidos novos tratamentos para a doença, a evolução dos medicamentos e a utilização de ultrassom (palestra do reumatologista Tulio Ravelli). “Estes avanços científicos, seja em medicamentos, seja na utilização de novos equipamentos ou instrumentos, como as órteses, são muitos importantes para minorar os sintomas dos pacientes de doenças reumáticas, daí a importância deste encontro”, acrescentou Rocha Loures.
O evento em Maringá será encerrado com a palestra do advogado Rodrigo Valente, que vai falar sobre “Medicação de alto custo e o Poder Judiciário”.

Sociedade Paranaense de Reumatologia (41)3324-6562

Maiores informações na sessão de eventos do site ou neste link