#update-nag, .update-nag { display: none !important; }
Home > Notícias > SPR apoia entidade para reumáticos e familiares

SPR apoia entidade para reumáticos e familiares

A Associação Paranaense de Reumatologia (SPR) apoia a Associação Paranaense de Portadores de Doenças Reumáticas (Adore). 

Associação Paranaense de Portadores de Doenças Reumáticas (Adore) presta assistência aos portadores dos vários tipos de doenças reumáticas, em Curitiba e Região Metropolitana, há 16 anos, tendo apoio da SPR. A Adore foi criada em 2001 como grupo de apoio a reumáticos, a partir da iniciativa de um grupo de algumas mulheres portadores de Esclerose Sistêmica Progressiva, conforme explica o presidente da entidade, Christopher Douglas Kachel.
“A princípio, este pequeno grupo reunia-se, mensalmente, numa das salas do Hospital de Clínicas do Paraná, onde médicos especializados em doenças reumáticas proferiam palestras e passavam informações sobre a doença. Com o passar do tempo, um número maior de doentes reumáticos, e familiares foram se agregando, e, então, sentiu-se a necessidade de se formalizar a associação, para que também se discutisse sobre outros tipos de doenças reumáticas”, conta Kachel.
Segundo o presidente, a entidade tem o incentivo do médico Reumatologista Dr. Valderílio Feijó Azevedo. “A Adore surgiu a partir da constatação de que vinha aumentando o número de portadores de doenças reumáticas, familiares e cuidadores. As pessoas procuram a Associação em busca de tratamento adequado para suas patologias reumáticas, com o anseio de amenizar suas dores e deformações e o Dr. Valderílio nos apoia, com o intuito de compartilhar informações sobre a doença, alcançar soluções para facilitar o acesso dos pacientes reumáticos num tratamento adequado e melhorar a qualidade de vida”, conclui.
O popular “reumatismo” é um grupo de mais de 120 doenças reumáticas que se caracterizam por alterações funcionais do sistema musculoesquelético, de causa não traumática. Em outras palavras, são as doenças que acometem principalmente articulações, ossos ou músculos. As doenças reumáticas são a segunda causa de gastos com auxílio-saúde no País, segundo dados do Ministério da Saúde, e atingem 20 milhões de brasileiros, da infância à terceira idade.