SPR orienta sobre quando procurar um reumatologista

  • Reading time:3 minuto(s) de leitura
  • Post category:blog

A Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR) alerta sobre a existência de mais de 100 doenças reumáticas e a necessidade de procurar um médico tão logo se perceba um sintoma.

Hoje são conhecidos mais de 100 doenças reumáticas que podem afetar ossos, articulações, músculos e tendões, além de outros órgãos como o coração, os rins, os pulmões, o sistema nervoso, os olhos e a pele. Para a entidade, procurar um especialista da área, ter um diagnóstico correto e iniciar o tratamento o mais cedo possível, é fundamental.

De acordo com a reumatologista Fernanda Maria Borghi, membro da SPR, o principal problema causado por estas doenças é a dor. “As doenças reumatológicas podem acometer vários órgãos, mas em quase todos os casos, o principal sintoma é a dor. A dor pode ser localizada em uma articulação ou membro, mas também pode ser sentida em todo o corpo, associada ou não a inflamação. E é nesse momento que se faz fundamental procurar um reumatologista, para conseguir diferenciar a causa da dor e propor o tratamento mais adequado em cada caso”, recomenda.

Como as doenças reumáticas são muito diversas e complexas, há numerosas causas diferentes. “Podem ser de origem degenerativa, em que o aparelho locomotor vai perdendo as suas características originais (por exemplo, a artrose e a osteoporose); inflamatória (como a artrite reumatoide e a espondilite anquilosante); infecciosa (como as artrites reativas); imunológica (casos de lúpus eritematoso sistêmico e esclerodermia); além de metabólicas (por exemplo, a gota)”, explica dra. Borghi.

Segundo a médica, a importância de se procurar um reumatologista em qualquer sintoma de dor nas juntas, inchaço etc, está no diagnóstico precoce. “Como em todas as outras patologias, quanto mais cedo uma doença reumática for detectada, maior será a probabilidade de tratamento adequado. A maior parte das doenças reumáticas tem origem desconhecida, mas a investigação médica tem avançado muito nos últimos anos e os doentes já dispõem de medicamentos eficazes para o controle ou mesmo remissão de algumas destas doenças”, diz Borghi.

“É importante consultar um reumatologista a partir do momento em que tiver o principal sintoma de qualquer uma das doenças reumáticas: a dor. Quanto mais precoce for o diagnóstico, maior será a probabilidade de controlar eficazmente qualquer uma delas”, finaliza a médica.