#update-nag, .update-nag { display: none !important; }
Home > Doenças Reumatológicas > Artrite Psoriásica

Artrite Psoriásica

O que é?

É uma artrite (inflamação das articulações) relacionada à psoríase. Esta é uma doença de pele não contagiosa, que causa vermelhidão e descamação principalmente em cotovelos, joelhos, couro cabeludo, nádegas e umbigo. A psoríase também pode prejudicar as unhas, causando vários prontos afundados, descamação e irregularidade nelas.
A artrite psoriásica pode atacar qualquer articulação do corpo, inclusive a sacro-ilíaca (junção da coluna com a bacia)

Quem pode ter?

Na maioria dos casos, a pessoa já tem psoríase na pele e depois aparece a artrite. Em outros, a psoríase de pele e a artrite aparecem juntas. Na minoria dos casos a artrite vem antes da doença de pele.

Qual a causa?

Não se sabe ao certo. Há herança genética e fatores ambientais como obesidade e tabagismo que podem desencadear e piorar a doença.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é clínico, ou seja, baseado nos sintomas e no exame físico com as alterações típicas. A artrite psoriásica comumente ataca as articulações mais distais dos dedos das mãos, aquelas perto das unhas, o que facilita a diferenciação com artrite reumatóide, que não ataca estas articulações.

Como é o tratamento?

É feito com antiinflamatórios para tirar a dor, mais medicações que controlem a doença a longo prazo como o metotrexato e a leflunomida. Nos casos graves, podem-se usar as medicações biológicas. Na psoríase evita-se o uso corticóide via oral (só se usa em último caso) por causa do risco de piora da psoríase da pele.

Quais as consequências?

A artrite psoriásica, se não tratada, deforma as articulações irreversivelmente. Além disso, é muito comum o paciente com artrite psoriásica ter obesidade, diabetes, pressão e colesterol alto. Isso deve ser levado em conta porque todos estes fatores associados à artrite psoriásica aumentam muito o risco de doenças cardiovasculares (infarto e derrame).

 

Em todas as doenças aqui apresentadas, a consulta ao especialista é imprescindível. Procure seu reumatologista mais próximo aqui